Loading...
Pedal da Inclusão2020-09-16T17:19:29-03:00

Incluindo pessoas com deficiência no ciclismo, o Pedal da Inclusão apoia a convivência amistosa entre todos. Qualquer manifestação de violência contra o indivíduo é um ato de exclusão, contrário à nossa visão.

Por meio da arrecadação de tampinhas plásticas e lacres em nossos pontos de coleta, fazemos parcerias e construímos bikes acessíveis a pessoas que têm limitações físicas de diversos tipos. Nossa primeira bike adaptada foi feita para cegos, e era dirigida por outra pessoa, e a segunda foi adaptada para cadeirantes, na qual, também dirigida por outra pessoa, há uma cadeira acoplada à parte da frente, o que possibilita o passeio dessas pessoas.

Para ajudar o nosso projeto, veja aqui os parceiros que disponibilizaram pontos de coleta.

Entre em contato conosco clicando nos ícones abaixo ou pelo telefone: (51) 99644-8656

E-mail: participe@pedaldainclusao.com.br

Missão

Incluir pessoas ao ambiente do ciclismo, proporcionando momentos de lazer.

Visão

Ser reconhecido como um agente de inclusão social, mediante projetos envolvendo práticas de ciclismo e lazer.

Valores

Inclusão social, Preservação do meio ambiente, Apartidarismo, Reciclagem, Honestidade e Responsabilidade.

Nossa Trajetória

  • Rita participa do Grupo Berta Siminovich da Na’Amat, trabalho de voluntariado;
  • Inicio do processo de arrecadação de tampinhas;
  • Doação de material fisioterápico para Casa Menino Jesus de Praga.
  • Arrecadação de tampinhas continua contribuindo para trabalho social no grupo Berta Siminovich da Na’Amat;
  • Doação de máquina de lavar e secar para SOS Casa de Acolhida.
  • Criação do Pedal da Inclusão;
  • Acertado com Na’Amat que processo de arrecadação de tampinhas seria usado no Pedal da Inclusão;
  • Parcerias com lojas de bike;
  • 10/07/2016 – Lançamento do projeto com mais de 100 pessoas, doação oficial das primeiras bicicletas para a ACERGS;
  • Organizado 3 grandes pedais com deficientes visuais;
  • Diversos pequenos pedais entre ciclistas e deficientes visuais;
  • Encerramento do ano com 11 bicicletas doadas para a ACERGS.
  • Processo de arrecadação de tampinhas com novos pontos de coleta;
  • Ideia de montar bicicleta acoplada a cadeira de rodas para levar cadeirantes;
  • Fase de prototipagem;
  • Processo de criação de associação;
  • Definição dos membros da diretoria da associação;
  • Proposta de voluntários mirins.